Na cidade de Roterdã, na Holanda, será palco do primeiro protótipo da maior turbina de energia eólica do mundo: a Haliade-X 12 MW. Projetada pela GE Renewable Energy, a turbina está sendo fabricada em duas cidades da França, Saint-Nazaire, nacele e Cherbourg, hélices, e em Sevilha na Espanha as seções da torre. Enquanto isso o porto de Roterdã está sendo preparado, local em que a turbina será instalada. 

As empresas envolvidas no projeto — GE Renewable Energy e Future Wind (uma joint venture entre a Pondera Development e a SIF Holding Holanda) — escolheram o porto de Roterdã em virtude da localização e da infraestrutura da cidade, que oferece as condições ideais para testar a turbina nas situações mais adversas possíveis. Montá-la na terra ainda vai facilitar seu acesso para a realização dos testes e também da manutenção.

A Haliade-X 12 MW é um verdadeiro “monstro”, tanto em tamanho quanto em capacidade de produção. Ao centro da imagem podemos perceber sua grandiosidade, que faz a Estátua da Liberdade e outras construções — como o Big Ben, a Torre de Pisa e o Arco do Triunfo — parecerem miniaturas.

Estrutura e capacidade da turbina Haliade-X 12 MW

Será um marco na história da energia renovável e contará com características impressionantes, sendo capaz de abastecer 16 mil lares. Aldemar Bonte, responsável pela Transição de Energia de Roterdã, comenta que está satisfeito pelo fato de a cidade ter sido escolhida para os testes da turbina Haliade-X 12 MW, por que , através de sua capacidade, os projetos de transição para uma energia limpa serão de fato acelerados.

O projeto de turbinas eólicas offshore Haliade-X o torna único.

A combinação de um rotor maior, pás mais longas e maior fator de capacidade torna o Haliade-X menos sensível às variações da velocidade do vento, aumentando a previsibilidade e a capacidade de gerar mais energia em baixas velocidades do vento. O Haliade-X pode capturar mais Produção Anual de Energia (AEP) do que qualquer outra turbina eólica offshore, mesmo em condições de vento fraco.

Esta turbina eólica de 12 MW também pode gerar 67 GWh anualmente, o que é mais AEP do que as máquinas mais potentes do mercado hoje, e duas vezes mais do que o Haliade 150-6MW. Uma turbina Haliade-X 12 MW pode gerar energia limpa suficiente para abastecer 16.000 residências européias de acordo com as condições de vento em um local típico do Mar do Norte da Alemanha, por exemplo.

Um parque eólico de 750 MW Haliade-X 12 MW, baseado em um estimado AEP, poderá produzir energia suficiente para até 1 milhão de residências.

Vejamos algumas características da superturbina:

  • Altura: 260 metros
  • Rotor: 220 metros
  • Hélices: 107 metros (cada)
  • Geração de energia: capacidade de 12 MW (67 GWh por ano — 45% mais que qualquer outra turbina em funcionamento atualmente)

Esse projeto protótipo foi um investimento de US$ 400 milhões da GE Renewable Energy, e tem como objetivo ajudar a reduzir o custo da energia eólica offshore, tornando-a uma fonte mais competitiva.

Quando os componentes da turbina estiverem prontos, serão transportados até Roterdã, para o início da pré-montagem e instalação, que devem ocorrer no próximo verão do Hemisfério Norte. A GE pretende comercializá-la a partir de 2021. 

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Quer ficar por dentro do assunto Smart City, o mais falado no Brasil e no mundo? Deixe seu e-mail e receba em primeira mão! clicando aqui.