A montadora européia Micro-Mobility apresentou agora de forma oficial o novo protótipo de carro elétrico da marca. Trata-se do Microlino 2.0, uma espécie de “smart” que está em fase de testes e de que de acordo com a montara irá ser fabricado ainda em 2021.

O Microlino 2.0 tem como destaque o design bem compacto e enxuto, entretanto seguro. Toda a estrutura do veículo é feita de aço prensado e alumínio, assim como automóveis convencionais, garantindo mais segurança aos ocupantes. O visual é bastante comparado ao microcarro Romi-Isetta, que foi produzido no Brasil a partir do final da década de 1950.

Mesmo com os materiais acima citado, o peso do carro não é prejudicado. Essa é uma das maiores mudanças em relação ao primeiro conceito. Por dentro, ele ainda traz um painel digital com informações úteis da direção.

Outros destaques que vale lembrar é a sua autonomia de até 200 km, uma única porta frontal e a capacidade de levar até duas pessoas, incluindo o motorista, com um espaço adicional para pequenas cargas.

A velocidade máxima é de 90 km/h, sendo o automóvel indicado para uso em cidades.

A comparação entre o conceito anterior e o novo protótipo. Imagem: Fonte: Microlino

Seu preço estimado para o lançamento do Microlino 2.0 é de € 12 mil — cerca de R$ 78 mil em conversão direta de moeda, sem levar em conta ainda eventuais subsídios e descontos de países europeus que já possuem políticas para a adoção de carros elétricos.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! 🙂

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.