Se queremos limitar a temperatura crescente do nosso planeta, as emissões globais de gases do efeito estufa precisam ser reduzidas.

Frete GRÁTIS ilimitado, Filmes, Séries, Músicas e muito mais com Amazon Prime! Teste GRÁTIS por 30 dias aqui.

Um novo relatório da C40 Cities, uma rede que conecta 97 cidades globais para atuar sobre as mudanças climáticas, afirmou que as mudanças na indústria da construção podem reduzir as emissões em 44% até 2050.

Copenhague, Oslo e Estocolmo já concordaram em reduzir as emissões de gases do efeito estufa de seus canteiros de obras.

De 9 a 12 de outubro, a C40 World Mayors Summit ocorrerá em Copenhague, onde mais de 70 prefeitos de todo o mundo se reunirão na capital dinamarquesa, para discutir soluções climáticas.

Quem já está liderando o caminho?

Se quisermos limitar a elevação da temperatura da Terra em apenas 1,5 graus Celsius, os principais cientistas do mundo observaram que as emissões globais de gases do efeito estufa precisam atingir o pico até 2020.

Novos dados publicados a tempo da C40 World Mayors Summit divulgaram esta semana que 30 cidades ao redor do mundo já chegaram a esse ponto importante.

Essas cidades são as seguintes:

Atenas, Austin, Barcelona, Berlim, Boston, Chicago, Copenhague, Heidelberg, Lisboa, Londres, Los Angeles, Madri, Melbourne, Milão, Montreal, Nova Orleans, Nova York, Oslo, Paris, Filadélfia, Portland, Roma, São Francisco , Estocolmo, Sydney, Toronto, Vancouver, Veneza, Varsóvia e Washington DC.

As cidades acima reduziram, em média, as emissões de gases do efeito estufa em 22%. Somente Copenhague reduziu as emissões em 61%.

As cidades que ainda não atingiram seus limites máximos já estão no meio do caminho ou assumiram compromissos concretos de alcançá-los até o prazo do próximo ano.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentário.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here