Gráfico representando a formação de anomalias na temperatura. (Fonte: MetSul Meteorologia/Reprodução)

Segundo o MetSul Meteorologia, o Brasil nesta semana enfrentará uma onda de calor recorde. Em algumas regiões do país as temperaturas poderão atingir até 45 °C, e máximas nunca registradas.

Ainda segundo o MetSul, o efeito sentido será semelhante aos fenômenos de extremo calor em algumas regiões da Califórnia nos Estados Unidos e da Austrália.

O evento se dá pela formação de uma bolha de ar quente, quando uma área de alta pressão e altitude ocasiona movimentos de sentido descendente com alta temperatura e tempo seco, que atingirá primeiramente a região central do Brasil. Toda a situação se agravou com a baixa umidade e o período de estiagem, intensificando a sensação de calor.

Em projeções computadorizadas, o MetSul diz que a região Centro-Sul pode ter temperaturas entre 15 °C e 20 °C acima do normal, enquanto o Centro-Oeste pode enfrentar máximas até 30 °C acima da média. Em alguns locais da região Nordeste, a estimativa de máxima pode atingir 45 °C.

Já no interior de São Paulo, a temperatura máxima pode chegar a 45 °C, um valor nunca registrado. Na capital paulista não será muito diferente: máximas de até 39 °C até a sexta-feira. O evento deve ter seu ápice entre quarta e sexta-feira desta semana, apresentando sérios riscos para a saúde e o meio ambiente.

O extremo aquecimento pode ocasionar não apenas o aumento na incidência de incêndios mas também problemas como exaustão por calor ou insolação, desidratação e também vertigens.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! 🙂

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentário.