Os cientistas norte americanos desenvolveram uma maneira mais eficaz e ecologicamente correta de reciclar plásticos descartáveis que poderia ajudar a proteger os oceanos contra detritos plásticos, impulsionando o mercado de plásticos reciclados.

PET é um material forte, leve e resistente à água, amplamente utilizado em garrafas de bebidas, roupas e tapetes. É reciclável, mas tende a ter um valor menor que o original e só pode ser reproduzido uma ou duas vezes.

“A reciclagem padrão de PET hoje é essencialmente um ‘ciclo descendente'”, disse o principal autor do estudo, Gregg Beckham, ao National Renewable Energy Laboratory (NREL).

O novo processo “recicla” o PET em materiais compostos de alto valor e duradouros que seriam usados ​​em autopeças, lâminas de turbinas eólicas ou pranchas de surfe, disse Beckham.

Embora ainda em fase de testes, os pesquisadores previram que o produto composto exigiria 57% menos energia do que o atual processo de reciclagem e emitiria 40% menos gases do efeito estufa do que a produção padrão de plásticos.

No entanto, os pesquisadores ainda precisam testar o processo de escalabilidade para determinar o quão bem ele poderia funcionar em um ambiente de produção, de acordo com o estudo.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Para você que está procurando Bolsa de Estudo, temos bolsas de até 75% em mais de 1.200 faculdades de todo o Brasil. Encontre a sua Bolsa de Estudo clicando aqui.