Nos últimos anos, os microplásticos apareceram no oceano e na água potável. Agora a neve no Ártico e nos Alpes pode ser adicionada aos lugares onde a poluição por microplástico foi descoberta.

Uma equipe de especialistas do  Instituto Alfred Wegener e do Instituto Suíço WSL para Pesquisa de Neve e Avalanche descobriu que as partículas de microplásticos estão sendo transportadas para a atmosfera e então são retiradas do ar pela neve. Como resultado desse processo, a poluição plástica está aparecendo no Ártico e nos Alpes.

Pouca pesquisa foi feita sobre a extensão dos microplásticos na atmosfera 

Os microplásticos são formados pelo movimento das ondas e pela radiação UV do sol, que decompõe o material plástico encontrado nos rios, nas águas costeiras e no mar profundo do Ártico. Os fragmentos menores são conhecidos como microplásticos. Estes fragmentos acabam na água do mar e em organismos marinhos que a ingerem. Mas os pesquisadores disseram que pouco trabalho foi feito para avaliar até que ponto partículas microplásticas acabam na atmosfera até agora.

Publicado na revista Science Advances, a equipe de cientistas liderada pela Dra. Melanie Bergmann e pelo Dr. Gunnar Gerdts revelou amostras de neve de Helgoland, Baviera, Bremen, Alpes Suíços e Ártico confirmam altas concentrações de microplástico.

A poluição microplástica foi encontrada mesmo em áreas remotas do Ártico, incluindo na ilha de Svalbard, bem como na neve em blocos de gelo à deriva. “É evidente que a maioria do microplástico na neve vem do ar”, disse Bergmann em um comunicado de imprensa destacando os resultados.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentário.

Temos diversas bolsas de estudo em mais de 1.200 faculdades de todo país, confira aqui: https://engenhariae.com.br/bolsas-estudo