Um empresário dos Emirados Árabes Unidos, o Abdulla Alshei, inventou uma nova maneira de levar água potável aos Emirados Árabes Unidos: arrastar um iceberg até a costa. 

O empresário, que é o diretor do National Advisor Bureau, disse que a viagem para transportar o iceberg da Antártida para a sua localização a 3 quilômetros da costa de Fujairah nos Emirados Árabes Unidos levará seis meses, custando entre US $ 100 milhões e US $ 150 milhões. 

Alshei está contando com um cinturão de metal que ele criou para evitar que o iceberg se quebre à medida que atravessa o mundo. Mesmo com o cinturão de metal, o empresário espera que o iceberg perca cerca de 30% de sua massa antes de completar sua jornada. 

“Será mais barato trazer esses icebergs e utilizá-los para água doce, em vez de utilizar a água de dessalinização”, disse Alshei no relatório. “Porque as usinas de dessalinização exigem uma enorme quantidade de investimentos de capital.”

Além de poupar dinheiro com a dessalinização da água, o empresário disse que também poderia ajudar o meio ambiente porque isso significa que menos peixes e a vida marinha no Mar da Arábia serão mortos durante o processo de dessalinização. “Um impacto na avaliação ambiental foi feito, e mostra um impacto mínimo no ecossistema e no meio ambiente”, disse Alshehi em resposta aos críticos que afirmam que o uso de um iceberg da Antártica afetará o meio ambiente.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários