plásticos

Em um relatório apoiado pelas Nações Unidas e divulgado no fim do ano passado revela que fungos podem ajudar o mundo a se livrar dos plásticos ao degradar poliuretano em questão de semanas.

De acordo com o relatório inédito “State of the World’s Fungi”, cientistas do Kew Botanical Gardens, em Londres, relataram que estes organismos possuem o potencial de quebrar resíduos de plástico – um avanço importante em um momento de reverter a onda tóxica que está matando vida marinha e poluindo os oceanos.

A cada ano, ao menos 8 milhões de toneladas métricas de plástico vão parar nos mares e oceanos, frequentemente se decompondo em pequenos microplásticos que acabando indo parar na nossa cadeia alimentar.

Mudanças climáticas

De acordo com a ONU Meio Ambiente, há evidências crescentes de que a mudança climática está afetando as variedades de espécies e de biodiversidade em maneiras que ainda não são compreensíveis. Os próprios fungos estão sob ameaça, especialmente em áreas de altas latitudes, onde temperaturas médias continuam crescendo, como no Ártico. Estas mudanças já afetam a reprodução dos fungos, sua distribuição e atividades geográficas, com possíveis efeitos para nossos ecossistemas.

“Espécies reagem de formas diferentes à mudança climática, o que perturba a interação entre elas”, disse Niklas Hagelberg, especialista da ONU Meio Ambiente sobre mudança climática e ecossistemas.

“Isto complica ainda mais a conservação: nós precisamos acrescentar rapidamente o tema da mudança climática aos esforços de gerenciamento de nosso ecossistema”.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.