O equipamento marinho do pesquisador americano Victor Vescovo desceu a uma profundidade recorde na fossa das Marianas, o ponto mais profundo do planeta, no Oceano Pacífico, e fez uma descoberta muito inesperada.

Ao descer 10.928 metros em um batiscafo, 16 a mais do que qualquer imersão anterior, o pesquisador encontrou… LIXO HUMANO.

Foi uma sacola plástica e várias embalagens de doces. Victor lamentou que o impacto negativo da humanidade sobre a ecologia é evidente mesmo nos lugares mais profundos do planeta.

Victor Vescovo também descobriu quatro novas espécies de crustáceos e um caracol rosa. Os cientistas coletaram amostras do fundo do mar para analisá-lo e descobrir se ele contém microplástico.

Milhões de toneladas de plástico entram no Oceano Pacífico a cada ano

Em março deste ano, o Parlamento Europeu aprovou uma nova lei proibindo uma série de itens descartáveis ​​de plástico, como pratos, talheres, canudos e cotonetes.

Vários países da América Latina, como Chile, Uruguai, Peru e México, também aprovaram leis que proíbem ou restringem o uso de sacolas plásticas.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Quer ficar por dentro do assunto Smart City, o mais falado no Brasil e no mundo? Deixe seu e-mail e receba em primeira mão! clicando aqui.