No Timor Leste os mares estão cheios de lixo, e por conta disso o país está prestes a se tornar o primeiro do mundo a reciclar todo seus plásticos, após ter firmado parceria com pesquisadores australianos para construir uma revolucionária usina de reciclagem.

Graças à usina de 40 milhões de dólares, nenhum plástico usado na nação sul-asiática se tornará lixo, mas transformado em novos produtos.

Díli disse ter assinado um memorando de entendimento com a australiana Mura Technology para criar uma entidade sem fins lucrativos chamada Respect que administrará a usina, que espera começar a operar até o final de 2020.

“Este é um país pequeno onde podemos tomar uma posição, tornando o país o primeiro a ser neutro em plásticos numa região onde há a maior poluição da vida marinha”, disse Thomas Maschmeyer, co-inventor da tecnologia a ser usada na usina.

“O plástico – se você não usá-lo bem – é uma coisa terrível, (mas) se você usar bem, é uma coisa ótima”, disse Maschmeyer à Thomson Reuters Foundation por telefone.

Mais de 8 milhões de toneladas de plásticos são lançadas nos oceanos do mundo a cada ano, dizem cientistas – cerca de um caminhão por minuto. China, Indonésia, Vietnã, Filipinas e Tailândia são alguns dos maiores culpados, dizem especialistas.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Quer ficar por dentro do assunto Smart City, o mais falado no Brasil e no mundo? Deixe seu e-mail e receba em primeira mão! clicando aqui.