Foto de Dmitry Demidko no Unsplash

O bitcoin registrou uma queda de 13% neste domingo, dia 23 de maio, após cair quase 50% em relação ao pico de 2021. Por volta das 15h00, a moeda perdeu US$ 4.899,54 – cerca de R$ 26 mil, na conversão direta, atingindo US$ 32.601 – cerca de R$ 174 mil.

Esse valor, para a infelicidade dos investidores, aproxima-se da metade registrada em 14 de abril, quando o bitcoin alcançou incríveis US$ 64.896,22, cerca de R$ 348 mil, na ocasião. O período de instabilidade teve início em 12 de maio quando Elon Musk comunicou pelo Twitter que a fabricante de carros elétricos não mais aceitaria pagamentos em bitcoin.

Como justificativa, Musk disse que diante dos impactos ambientais causados pela moeda, o seu uso não compensava. O comentário de Musk acabou reverberando na economia.

Embora ainda esteja em tendência de queda, o bitcoin recupera-se gradativamente dos últimos eventos. Nesta segunda-feira, dia 24 de maio, o ativo atingiu US$ 37.648,60 (R$ 201.657,20) — o que pode trazer um suspiro para a valorização.

“Nossa tendência é esperar alguma estabilização na próxima semana, o que deve se traduzir em um novo pico”, disse o chefe de pesquisa da corretora Enigma Securities, Joseph Edwards.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! 🙂

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.