CEO Bob Chapek

A Disney informou um forte crescimento em assinantes de streaming pago e seu primeiro lucro trimestral desde o início do ano passado em seu relatório de lucros para o primeiro trimestre fiscal de 2021.

  • Lucro por ação: 32 centavos ajustados contra perda de 41 centavos esperada, de acordo com Refinitiv;
  • Receita: US$16,25 bilhões contra US$ 15,9 bilhões esperados, de acordo com a Refinitiv.

Streaming

A Disney disse que tem quase 95 milhões de assinantes pagos de seu serviço de streaming Disney+ no trimestre encerrado em 2 de janeiro. Isso ocorre durante o primeiro trimestre, após o período de teste gratuito da Disney terminar para alguns assinantes que também são clientes da Verizon.

A CFO da Disney, Christine McCarthy, disse aos analistas na teleconferência de resultados da empresa que os executivos estão “muito felizes com os números de conversão que vimos indo da promoção para se tornarem assinantes”.

A receita média mensal por assinante pago Disney+, no entanto, caiu 28% em comparação com o mesmo trimestre do ano passado, de US$ 5,56 para US$ 4,03. Isso porque esse número agora inclui assinantes do Disney+ Hotstar, lançado na Índia e na Indonésia no ano passado. O serviço tem receita média mensal menor por assinante pago do que o tradicional Disney+ em outros mercados, puxando para baixo a média geral do trimestre.

Na teleconferência de resultados da Disney, McCarthy disse que excluindo a Hotstar, a receita média por assinante pago da Disney+ teria sido de US$ 5,37 no trimestre.

A receita média mensal por assinante pago cresceu ligeiramente para outras plataformas diretas ao consumidor da Disney, ESPN+ e Hulu, com o último vendo um crescimento de 26% para aqueles que usam seu serviço de TV ao vivo.

A empresa disse que agora tem mais de 146 milhões de assinantes pagos em seus serviços de streaming no final do primeiro trimestre.

A receita dos negócios diretos ao consumidor da Disney cresceu 73% em comparação com o mesmo trimestre do ano anterior, para US$ 3,5 bilhões. Esse crescimento ajudou a compensar as perdas em outros segmentos afetados pela pandemia.

Parques

A receita no segmento de parques, experiências e produtos da Disney caiu 53% para US$3,58 bilhões, já que muitos de seus parques temáticos estavam fechados ou operando com capacidade reduzida e seus navios de cruzeiro e visitas guiadas foram suspensos.

O CEO Bob Chapek disse aos analistas sobre a apuração de lucros da empresa que as perspectivas para a receita e reabertura dos parques “realmente serão determinadas pela taxa de vacinação do público”. A Disneylândia está hospedando um site de vacinação para californianos, e Chapek disse que o site já distribuiu mais de 100.000 doses.

Chapek disse que espera que qualquer reabertura ou aumento na capacidade de visitantes incluindo máscara e medidas de distância social até o final do ano. Mas ele disse que a previsão do Dr. Anthony Fauci na quinta-feira de que a vacina começaria a estar disponível para quem quiser em abril seria uma “virada de jogo”.

A empresa disse que o surto da Covid-19 custou a esta divisão cerca de US$ 2,6 bilhões em receita operacional perdida durante o primeiro trimestre fiscal.

As vendas de conteúdo e receitas de licenciamento diminuíram 56% para US$ 1,7 bilhão durante o trimestre, já que a Disney não teve novos lançamentos nos cinemas durante outubro, novembro e dezembro e lançamentos limitados de entretenimento doméstico.

Notavelmente, no ano passado, o estúdio lançou “Frozen II” nos cinemas e teve “Toy Story 4”, “O Rei Leão” e “Aladdin” no mercado de vídeo doméstico.

A Disney espera que os gastos de capital para o ano fiscal de 2021 sejam semelhantes aos de 2020, com a empresa investindo mais no segmento de mídia e entretenimento e menos no segmento de parques.

Disney+ vs. Netflix 

A Disney chegou a 146 milhões de assinantes de streaming (95 milhões de pagantes, o restante em trial ou em promoções), ficando atrás apenas da Netflix com 204 milhões.

Seu faturamento no streaming é agora de US$ 3,5 bilhões, pouco mais da metade da Netflix.

Foram 9 anos para a Netflix chegar a 95 milhões de assinantes. A Disney acabou de chegar a este número em apenas 14 meses de vida.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! 🙂

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.