De acordo com a RBC Capital Markets, o Google poderá comprar a Salesforce como forma de enfrentar os concorrentes Amazon e Microsoft, fortes no segmento de cloud.

O Google vem ocupando um distante terceiro lugar entre os provedores de cloud nos Estados Unidos, atrás das duas empresas já citadas acima. Ambas as empresas já mantêm parceria desde 2017.

O Gartner estima que, numa conta desde 2019, a AWS, da Amazon detenha 47,8% do mercado, a Microsoft Azure 15,5% e o Google Cloud apenas 4%. Relatório recente mostra que 97% das empresas pesquisadas usam o Azure até certo ponto e muito mais empresas planejam implantar a plataforma de cloud da Microsoft do que da Amazon ou do Google. Embora a AWS tenha espaço para perder participação de mercado, o Google Cloud não tem essa margem.

Agora, de acordo com Business Insider, o CEO do Google Cloud, Thomas Kurian, tem o objetivo de fazer do Google o número 2 em cloud. Para que isso ocorra, a RBS Capital imagina que uma decisão importante, como a eventual aquisição da Salesforce, é o passo a ser dado para que o Google conquiste terreno significativo. A RBC diz que não vê essa expansão de forma orgânica.

Se o Google adquirir a Salesforce, a RBC estima que o negócio pode chegar a US$ 250 bilhões, equivalente a 1 trilhão de reais nas cotações atuais, o que colocaria o Google Cloud no tão almejado segundo lugar.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.