A Google vai lançar seu próprio cartão de débito. De acordo com o site TechCrunch, a gigante das pesquisas concorrerá com a Apple, que tem o Apple Card, e demais fintechs.

A Google irá disponibilizar controle total por um aplicativo próprio, que pode servir como uma conta digital. Como revelam as imagens, o correntista Google terá todo o ecossistema da companhia para monitorar o próprio consumo, além claro, das conhecidas funções de pagamento por aproximação, cartão virtual para compras online e bloqueio de conta via aplicativo.

Imagem da tela do aplicativo para controle do cartão de débito.

Para dar start no serviço, a Google precisa se adequar às leis dos Estados Unidos. Sendo assim, deve se unir a instituições financeiras convencionais — e uma antiga declaração indica que Citi e Stanford Federal Credit Union são as mais cotadas para a parceria.

“Nós estamos explorando como podemos nos unir a bancos e instituições financeiras nos Estados Unidos para oferecer acompanhamento de contas mais inteligente pelo Google Pay. Hoje, a Citi e a Stanford Federal Credit Union são nossas maiores parceiras e esperamos poder dar mais detalhes em breve”, declarou um porta-voz da companhia ao Wall Street Journal.

O sistema da Google atenderá às necessidades mais comuns de correntistas. O sistema poderá ser utilizado em lojas físicas, saques, transferências bancárias e compras online com os dados originais do cartão ou de um cartão virtual gerado pelo aplicativo. Por falar nisso, aparentemente todo o ecossistema Google fortalecerá o registro de consumo do cliente. Em uma das capturas de tela, é possível ver a localização da compra com endereço, nome e telefones de contato direto do Google Maps, um dos exemplos.

Ao que que parece, o cartão será um reforço ao atual Google Pay, que provavelmente será o aplicativo gestor da conta. Assim que contratado, o aplicativo receberia um reforço de segurança, garantindo acesso apenas via PIN ou biometria.

Imagem do suposto cartão físico do Google Card.

Mesmo ainda que sejam poucas as informações, é provável que o Google Card seja um serviço gratuito. Além do dinheiro sendo passado pela empresa, a Google aproveitará todos os dados gerados pelas compras, resultando em um rico catálogo de informações sobre hábitos de consumo.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.