Imagem: divulgação

No Centro Aeroespacial Alemão (DLR) ‘s Institute for Solar Research, alguns cientistas alemães acederam um sistema chamado Synlight, que eles descrevem como a maior sol artificial no planeta.

Synlight é composto de 149 focos enormes, derramando uma intensidade de luz cerca de 10.000 vezes a radiação solar naturalmente encontrada na Terra.

Os 149 focos da Synlight são semelhantes aos que são comumente usados ​​em projetores de cinema. De acordo com DLR, “estes permitem potências de radiação solar de até 380 quilowatts.

A matriz brilhante foi usada, para que os cientistas descobrissem como usar melhor a enorme quantidade de energia da luz solar que atinge a terra.

A experiência não vem sem um custo: Synlight suga muita eletricidade, em apenas quatro horas se gasta o mesmo de energia que uma família com quatro pessoas gastaria em um ano inteiro, de acordo com a imprensa associada.

O sol artificial está alojado em uma estrutura especialmente construída na Alemanha.

O foco para os pesquisadores da Synlight será sobre os combustíveis solares.Os cientistas vão mergulhar em novas maneiras de criar hidrogênio, que não é encontrado naturalmente, mas deve ser criado por dividir a água em hidrogênio e oxigênio, de acordo com a ABC News. A publicação citou o diretor do instituto, Bernhard Hoffschmidt, que disse que as condições de luz do forno que a Synlight pode produzir – até 5 432 graus Fahrenheit – são cruciais para experimentar novos métodos de criação de hidrogênio.

DLR disse que muitas companhias industriais, poderão usar Synlight com a ajuda de cientistas da DLR.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.