A varejista online B2W esta testando drones para enviar mercadorias dos seus centros de distribuição até as lojas das marcas que controla  (Americanas.com, Shoptime, Sou Barato e Submarino).

O movimento torna a B2W a primeira varejista local a introduzir drones em sua cadeia logística e sucede tentativa similar no início do ano da startup de entregas iFood.

O objetivo da empresa é ganhar eficiência e superar os desafios logísticos do Brasil.  Ela conta com a tecnologia da SMX Systems, empresa nacional de engenharia de software e os drones utilizados podem voar com velocidade de até 36 km/h e carregar até dois quilos.

Embora o uso de drones já está sendo amplamente usado em países desenvolvidos como os Estados Unidos, com empresas como a gigante de comércio eletrônico Amazon.com na vanguarda, a tecnologia ainda depende de regulamentação no Brasil.

“Estamos trabalhando muito próximo da agência reguladora, a Anac [Agência Nacional de Aviação Civil], para ajudar a escrever essa regulamentação no Brasil […]. Esperamos começar a transportar mercadorias com drones do centro de distribuição ou hubs para as lojas até janeiro de 2021.” – Fábio Abrate, diretor financeiro e de relações com investidores da B2W.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Quer ficar por dentro do assunto Smart City, o mais falado no Brasil e no mundo? Deixe seu e-mail e receba em primeira mão! clicando aqui.