Pesquisadores do ETH Zurich Center projetaram e testaram com sucesso o primeiro coração artificial flexível impresso em 3D que é capaz de substituir um coração natural por tempo limitado no tórax de um paciente.

Frete GRÁTIS ilimitado, Filmes, Séries, Músicas e muito mais com Amazon Prime! Teste GRÁTIS por 30 dias aqui.

A natureza temporária do dispositivo deve-se ao fato de que no momento o modelo de silicone possui apenas 3.000 batimentos – o que equivale a cerca de 45 minutos – embora o grupo de pesquisa trabalhe na melhoria dos materiais para estender a durabilidade dos mesmos.

“Isso foi simplesmente um teste para ver se era viável. Nosso objetivo não é apresentar um coração pronto para implementação, mas pensar em uma nova direção para o desenvolvimento de corações artificiais “, disse Nicholas Cohrs, em um grupo de pesquisa do professor de engenharia na ETH Zurique, Wendelin Stark .

Sua aparência é como um coração real, mas é feito em silicone, e o objetivo dos pesquisadores é imitar o modelo natural, tanto quanto possível. “Nosso objetivo é desenvolver um coração artificial que é aproximadamente do mesmo tamanho que do paciente e que imita o coração humano o mais próximo possível para realmente funcionar”, diz Cohrs.

O coração artificial foi criado a partir de silicone usando uma técnica de impressão 3D; Ele pesa 390 gramas e tem um volume de 679 centímetros cúbicos. Do mesmo modo que o órgão, tem o ventrículo direito e o ventrículo esquerdo, embora não sejam separados por uma divisória, mas por uma câmara adicional. Esta câmara é introduzida e desinsuflada pelo ar pressurizado, sendo necessário bombear fluido das câmaras sanguíneas, substituindo assim a contração muscular do coração humano. Genial né?

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here