Um garoto de cinco anos do Reino Unido finalmente conseguiu abraçar seu irmão menor graças a uma campanha do GoFundMe e a um inventor em Anglesey.

Segundo relatos da mídia, Jacob Scrimshaw se tornou o primeiro garoto no Reino Unido a receber um braço protético acima do cotovelo, permitindo que ele se envolvesse em todos os tipos de tarefas, incluindo abraçar seu irmão.

GoFundMe foi metade da batalha

O menino, que nasceu com uma porção do braço esquerdo ausente, estava ficando cada vez mais frustrado com seu movimento limitado, levando sua família a procurar ajuda. O governo normalmente não cobre uma prótese para uma criança, então os pais de Jacob, Gemma Turner e Chris Scrimsaw, criaram uma conta no GoFundMe. Eles levantaram £16.000 durante um período de sete meses, usando os recursos para fazer um membro protético para ele.

Mas levantar dinheiro era apenas metade do problema. Eles aprenderam rapidamente que a maioria das manufaturas de próteses não produz membros funcionais para quando o membro termina acima do cotovelo. Eles fizeram uma pesquisa e encontraram um inventor Ben Ryan no Instagram que havia desenvolvido um projeto hidráulico após a amputação do braço de seu filho.

A impressão 3D acelera o processo

Eles procuraram Ryan para criar um para Jacob. Ryan projetou e criou seu braço protético hidráulico impresso em 3D em uma impressora 3D Stratasys Connex. A unidade permite que o usuário abra e feche o polegar no modo manual ou com energia auxiliar através de uma bomba hidráulica. A alça funcionará manualmente se houver uma interrupção de energia. Graças à impressão 3D, Ryan pode criar a prótese em cinco dias, muito mais curta do que as 11 semanas típicas necessárias para que um molde de gesso seja transformado em uma prótese vestível.

Mais importante para Jacob é a estética: seu novo braço é verde e com tema de super-herói.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.