No domingo, a Força Aérea dos EUA lançou com sucesso o seu avião espacial de alta tecnologia X-37B, colocando o veículo reutilizável em órbita para sua sexta missão secreta no espaço.

O avião, que se assemelha a uma versão menor dos ônibus espaciais tripulados aposentados pelo programa espacial dos EUA em 2011, foi lançado de Cape Canaveral, na Flórida, informou a Força Aérea.

Passará meses em órbita, remotamente conduzindo uma série de experimentos.

“Parabéns pela 6ª missão da nave espacial reutilizável X-37B”, twittou o secretário de Defesa Mark Esper, logo após o lançamento.

O enorme veículo de lançamento do Atlas V decolou com um rugido terrestre às 9h14 (1314 GMT) para elevar o avião, também conhecido como Veículo de Teste Orbital (OTV), ao espaço.

O avião, por sua vez, implantará um pequeno satélite de pesquisa chamado FalconSat-8, para realizar experiências adicionais, explicou a secretária da Força Aérea Barbara Barrett no início deste mês, detalhando o que até agora tem sido um projeto altamente secreto.

“Esta missão X-37B hospedará mais experimentos do que qualquer missão anterior”, disse Barrett, que também chefia a recém-criada Força Espacial dos EUA.

Entre os experimentos: testar o efeito da radiação em sementes e outros materiais e transformar energia solar em energia de micro-ondas de rádio-frequência que pode ser transmitida ao solo.

O X-37B tem nove metros de comprimento, com uma extensão de asa de 4,5 metros.

O Pentágono publicou fotos do avião, mas até agora havia revelado poucos detalhes sobre suas missões e capacidades.

Em cada um de seus vôos sucessivos – o primeiro ocorreu em 2010 – a nave movida a energia solar permaneceu em órbita por períodos mais longos.

Seu último vôo terminou em outubro de 2019, após 780 dias em órbita. Isso elevou o tempo acumulado da nave em órbita para 2.865 dias.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.