Imagem: chinadaily

empresa de Baidu, gigante chinesa na área de buscas, deve lançar em julho a sua tecnologia de carros autônomos em ambiente restrito antes de colocar os veículos em estradas e rodovias urbanas até 2020.

A iniciativa foi batizada de Apollo, em menção ao programa de pouso lunar, segundo a empresa, ela trabalhará com parceiros que fornecem automóveis, sensores e outros componentes para nova tecnologia.

Como parte dos esforços para desenvolver inteligência artificial (AI, em inglês), a Baidu nomeou em janeiro Qi Lu, ex-executivo da Microsoft, como diretor operacional.

Dois meses após a nomeação, o cientista-chefe da empresa, Andrew Ng, que liderava os projetos de AI e realidade aumentada, decidiu renunciar.

A Baidu vem investindo muito em diversas áreas tecnológicas. Em outubro do ano passado a empresa lançou um fundo de 200 milhões de dólares para focar nas áreas de inteligência artificial, realidade aumentada e aprendizagem profunda, após ter anunciado um fundo de 3 bilhões de dólares em setembro para start-ups em estágio médio e avançado.

“Inteligência artificial tem grande potencial para conduzir o desenvolvimento social, e uma das maiores oportunidades de AI é a inteligência de veículos”, afirmou Qi em comunicado.

Em novembro, a Baidu e a montadora alemã BMW disseram que encerrariam uma parceria em pesquisa de carros autônomos devido a diferenças de opinião em como proceder.

Líderes de tecnologia e do setor automotivo afirmam que os veículos do futuro serão capazes de se autodirigir, o que revolucionará a indústria de transportes.

Praticamente todas as fabricantes de automóveis, além de Google e a fornecedora de autopeças Delphi, estão investindo muito no desenvolvimento da tecnologia.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.