Um Satélite para a Caracterização de Exoplanetas (Quéops), da Agência Espacial Européia (ESA), acaba de passar com sucesso a última análise antes de seu lançamento a bordo de um foguete Soyuz do Porto Espacial Europeu de Kurú (Guiana Francesa). ).

Todas as avaliações técnicas realizadas pela Arianespace, que abordaram aspectos fundamentais da missão, incluindo a trajetória de lançamento e a separação da carga útil, produziram resultados positivos, de acordo com a ESA.

“Estamos muito satisfeitos por ter superado este marco importante e por termos recebido a luz verde do Arianespace”, reconhece Nicola Rando, chefe do projeto ESA Cheops.

O manifesto de lançamento do Arianespace para os próximos meses está sendo discutido atualmente, que incluirá a data exata para o envio de Quéops para o Espaçoporto e a data de lançamento, que será confirmada em um estágio posterior. O lançamento está programado para ocorrer nos últimos quatro meses de 2019.

Acompanhamento de exoplanetas para estudo

Quéops é uma missão de acompanhamento para o estudo de exoplanetas. O satélite observará estrelas brilhantes que já são conhecidas por abrigar planetas, medindo as pequenas mudanças em seu brilho devido ao tráfego à frente do disco da estrela.

Especificamente, a missão visa as estrelas que hospedam planetas de tamanho entre a Terra e Netuno, oferecendo medidas precisas de seu tamanho. Esses dados, juntamente com as informações já conhecidas sobre suas massas, permitirão aos cientistas determinar sua densidade aparente, o que permitirá uma primeira caracterização desses mundos extrasolares.

“Estamos ansiosos para começar esta aventura científica e seguir alguns dos exoplanetas mais conhecidos”, explica Kate Isaak, cientista do projeto ESA Cheops.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentário.