Imagem do projeto ATTOL, da Airbus (Foto: Divulgação/Airbus)

A Airbus já tem um avião comercial capaz de decolar e decolar sozinho. E não é um modelo incomum: foi utilizado um Airbus A350-1000 XWB, semelhante ao utilizado por companhias aéreas em todo o mundo.

A empresa francesa anunciou a conclusão dos ensaios do chamado programa ATTOL, sigla em inglês para pouso, decolagem e taxi autônomos (Autonomous Taxi, Take-Off and Landing).

Foram realizados 500 voos testes, sendo 450 somente para a coleta de dados para o ajuste dos algoritmos.

Entretanto, vai demorar para os pilotos e co-pilotos passarem a apenas acompanhar o trabalho das máquinas. O foco do projeto ATTOL foi verificar como as tecnologias autônomeas podem ajudar os tripulantes.

Para chegar a uma autonomia quase completa, a Airbus usou as câmeras externas do A350 e tecnologia de reconhecimento de imagens. A primeira decolagem autônoma bem-sucedida ocorreu em dezembro de 2019, no aeroporto de Toulouse-Blagnac, na França.

De acordo com a empresa, tudo que o piloto precisa fazer é colocar o avião alinhado com a pista. A partir daí, os sistemas de voo tomam conta do resto, calculando a aceleração e determinando o momento da decolagem dependendo da pista.

Veja abaixo o vídeo de um dos voos de testes:

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! 🙂

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.