Um golpe no WhatsApp sugere usuário deva enviar uma mensagem para cinco pessoas, naquele velho esquema de corrente, para poder se cadastrar em um site que promete frascos grátis de álcool gel produzidos pela Ambev.

A ambev diz que essa informação é falsa, e que o álcool será destinado totalmente a hospitais públicos no combate ao Coronavirus.

A mensagem no WhatsApp é a seguinte: “a Ambev está distribuindo gratuitamente mais de 1 milhão de unidades de álcool gel para hospitais e população em todo Brasil; a empresa disponibilizou um site para que os interessados possam pesquisar quais os pontos de distribuição mais próximos de seu endereço”.

No final da mensagem, há um link ambev.reIacionamento[.]com. Repare que a palavra na URL é “reiacionamento”, porém com o I maiúsculo para parecer a letra L. Ele leva o usuário ao link ambev.oficiaI[.]com, novamente trocando o L pelo I maiúsculo.

O site exibe o cadeado na barra de endereços, pois tem um certificado HTTPS emitido gratuitamente pela Let’s Encrypt. Para assim dar o parecer de que a página é segura — mas ela é enganosa.

Já no site, o mesmo pede que o usuário envie para seus contados no WhatsApp: “No combate ao coronavírus! Estamos distribuindo gratuitamente mais de 1 milhão de unidades de Álcool em Gel para os Hospitais e População em geral!”, diz o site falso. Primeiro, você tem que digitar seu CEP para verificar “pontos de distribuição” mais próximos; em seguida, precisa realizar um cadastro.

“Para fazer seu cadastro e gerar a Senha Exclusiva de retirada do álcool em gel, basta divulgar nossa campanha para seus contatos no Whatsapp!”, diz a página. Ao clicar em “Iniciar”, você é levado ao WhatsApp para enviar uma mensagem de corrente aos seus contatos.

Depois que você volta para o navegador, o site reforça que “você precisa divulgar para pelo menos 05 usuários ativos para poder avançar”. Há uma seção de comentários estimulando o usuário, dizendo: “realmente, depois que compartilha funciona”. Depois de seguir todo o processo, você cai em uma página para o formulário de cadastro.

A conta oficial da Ambev afirmou no Twitter que “a produção do álcool em gel vai ser 100% destinada para os hospitais públicos de SP, Rio e Brasília“. A empresa pede para tomar cuidado com links para não “acabar caindo em um golpe”. O site falso não solicita informações pessoais além do CEP.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.