A Toyota anunciou que está convocando mais de 700.000 veículos vendidos nos EUA devido a um problema com a bomba de combustível dos veículos.

Em um comunicado à imprensa, a montadora disse que os carros estão equipados com uma bomba de combustível que pode parar de funcionar.

Recall abrange vários modelos

“Isso pode resultar em uma parada do veículo, e o veículo pode não poder ser ligado novamente. Se ocorrer uma parada do veículo enquanto estiver dirigindo em velocidades mais altas, isso poderá aumentar o risco de um acidente”, disse a Toyota no comunicado à imprensa. Observou que, se a bomba de combustível parar de funcionar, podem aparecer luzes de aviso e mensagens no painel de instrumentos. Outro sinal: o motor pode “funcionar mal”.

A Toyota informou que está investigando o problema e desenvolverá uma correção, que será aplicada a todos os veículos afetados, sem nenhum custo para os proprietários. A empresa planeja notificar os proprietários de veículos até meados de março. O recall envolve vários modelos 2018-2019, incluindo Lexus, 4Runner, Camry, Land Cruiser e outros.

Este não é o maior recall da fabricante de veículos nos últimos anos. Em 2018, a Toyota fez recall de mais um milhão de carros devido ao potencial de pegar fogo.

O recall envolveu seus modelos híbridos Prius, Prius plug-in e C-HR. Nesse caso, houve um problema elétrico que poderia causar um incêndio. Cerca de 500.000 dos veículos reparados estavam nos EUA e 200.000 no Japão.

Em 2016, a Toyota teve que fazer recall de 1,7 milhão de veículos Prius devido a problemas com os airbags e os freios de estacionamento.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.