Ainda lá na escola, aprendemos a desenhar a gota de chuva imitando o formato de uma lágrima. Certo? O desenho, apesar de um clássico, não condiz com a verdade de acordo com a Nasa.

A verdade é que as gotas da chuva possuem formato esférico. Isso mesmo! O que acontece é que, quando as gotas caem, elas podem colidir umas com as outras e, assim, acabam perdendo a forma original.

Por outro lado, alguns pingos mais pesados podem trazer um formato diferente, mais achatado, mas mesmo assim, arredondado, parecidos com um feijão.

Esse tipo de estudo tem sua importância na avaliação dos padrões de chuvas pelo mundo e poder assim,  prever situações de emergência, como por exemplo, explicam os cientistas do sistema de Medição Global de Precipitação (GMP). Confira abaixo:

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.