A voz do físico britânico Stephen Hawking foi enviada para um buraco negro a 3500 anos-luz de distância da Terra, e não foi só a voz dele, mas também uma música do compositor grego Vangelis, conhecido pela composição ‘Chariots of Fire’. Esta foi uma iniciativa da Agência Espacial Europeia (ESA).

A gravação do físico britânico foi enviada a 15 de junho depois da cerimônia fúnebre que decorreu na Abadia de Westminster, em Londres, onde as suas cinzas foram depositadas. Stephen Hawking ficará entre Isaac Newton, que descreveu a lei universal da gravitação, e Charles Darwin, que formulou a teoria da evolução.

O registo da sua voz seguiu, então, em direção ao buraco negro mais próximo da Terra, o 1A 0620-00, que existe num sistema binário com uma estrela laranja anã. Os cientistas da ESA usaram a antena da estação de Cebreros, em Espanha, para enviar o registo.

Mark McCaughrean, conselheiro de ciência e exploração da ESA , explicou que a peça musical de Vangelis tem cerca de seis minutos e a voz de Stephen Hawking está no meio: “É uma mensagem de paz, esperança, união e a necessidade de vivermos juntos em harmonia neste planeta”.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Para você que está procurando Bolsa de Estudo, temos bolsas de até 75% em mais de 1.200 faculdades de todo o Brasil. Encontre a sua Bolsa de Estudo clicando aqui.