Imagem: Eso.org

Buracos  são objetos extremos que devem inspirar admiração em todos nós. Mas devemos temê-los? Nosso planeta está em risco de ser devorado por um buraco negro? De acordo com o que sabemos, não há nada para se preocupar. Ainda assim, talvez alguma ciência nos ajude a acalmar essa preocupação.

Sim, há um grande buraco negro supermassivo no centro da nossa galáxia, mas não está sugando tudo na Via Láctea. Na verdade, existem muitas estrelas em órbita, e elas sobreviveram por bilhões de anos.

Sagitário A * (pronuncia-se A-star), o nosso amigável buraco negro supermassivo, não está sugando as coisas. Somente quando um buraco negro supermassivo começa a se alimentar que há problemas – e você nem precisa estar perto dele, isso pode afetar toda a sua galáxia e além dela.

A questão dos buracos negros é que não podemos vê-los. A melhor maneira de identificá-los é esperar que um deles comece a se alimentar e a acender. Com base nessas observações, sabemos que o Sagitário A * não é o único buraco negro na galáxia. De acordo com simulações e modelos, parece que talvez nem seja o único buraco negro supermassivo na Via Láctea. E quando se trata de buracos negros menores, o número estimado é muito, muito maior. Pode haver milhões de buracos negros de tamanho estelar ao nosso redor, e o centro provavelmente está  cheio deles.

Com base nessas estimativas, podemos calcular que deveria haver um buraco negro a cada 125 anos-luz em média. Isso significa que pode haver um objeto quieto que esteja apenas relativamente próximo e que não temos conhecimento. Então, devemos estar preocupados?

Acredito que depende. É muito improvável que alguém esteja tão perto de nós que represente uma ameaça. Mas se você gosta de saber onde estão todos os potenciais perigos celestes, então você deve estar bastante preocupado. Um buraco negro 10 vezes a massa do Sol teria menos de 30 quilômetros de diâmetro. Procurar por um objeto desse tipo, mesmo a poucos anos-luz de distância, seria como procurar um gato preto em um quarto escuro à noite, durante um blecaute. E o gato pode não estar lá.

Enfim, você pode dormir tranquilamente sabendo que os buracos negros não estão prontos para nos pegar. E mesmo que eles estivessem, há pouco que podemos fazer, então não faz sentido perder o sono por isso.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.