As autoridades do Reino Unidos colocaram a multa máxima ao Facebook na sequência do escândalo de Cambridge Analytica. O Washington Post adianta que o Facebook terá que pagar uma multa de £500,000 o que equivale a cerca de 2,6 milhões de reais.

Isso ocorreu porque a empresa Cambridge Analytica obteve informações de 80 milhões de usuários do Facebook de forma imprópria e utilizou essas informações para influenciar diversas votações políticas, incluindo as eleições de 2016 nos Estados Unidos da América e o Brexit.

As autoridades britânicas concluíram que o Facebook poderia ter feito mais para evitar que a informação pessoal de milhões de utilizadores fosse utilizada sem a sua autorização expressa. Foi considerado que o Facebook não tinha proteções de privacidade suficientes para proteger as informação da Cambridge Analytica e que o Facebook falhou em detectar os sinais que indicavam que esta firma poderia estar a utilizar de forma imprópria a informação dos usuários.

Um dos projectos em que a Cambridge Analytica trabalhou foi na campanha pela saída do Reino Unido da União Europeia, em que ajudou o lado que defendia o Brexit.

Esta multa ainda pode ter mudanças ao longo das conversações entre as autoridades do Reino Unido e o Facebook, segundo avança o Washington Post. As autoridades britânicas não esconderam ao longo dos últimos meses o seu descontentamento com o fato de Mark Zuckerberg não ter comparecido pessoalmente para responder a questões relacionadas com privacidade na sua plataforma, como fez perante o Senado americano e o Parlamento Europeu.

Assim sendo, a aplicação da multa máxima, a sua alteração ou a revogação dependerão das conversações entre o Facebook e o Reino Unido ao longo dos próximos meses. Esta decisão deverá receber uma atualização em Outubro deste ano.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.