A poluição urbana é um grande problema em diversas cidades ao redor do mundo. Uma solução óbvia é a criação de mais espaços verdes, pois as plantas podem ajudar a melhorar significativamente a qualidade do ar, mas com os imóveis urbanos cada vez mais caros, é mais provável que a terra seja transformada em moradia e não em parques.

Mas, uma startup alemã propõe uma solução intrigante: uma “árvore tecnológica” que combina o poder da biologia e a facilidade da tecnologia automatizada de Internet de coisas (IoT) para criar o que é chamado de CityTree. O CEO da Green City Solutions, Dénes Honus, explica por que o CityTrees poderia ser uma peça para acabar com a poluição urbana, veja abaixo:

A engenhoca economiza 99% do espaço que as árvores tradicionais precisariam para fazer o mesmo trabalho. A eficácia é de 30% de melhora em um raio de 50 metros. Além disso, a CityTree faz o trabalho equivalente de 275 árvores tirando até 240 toneladas métricas por ano de dióxido de carbono do ar. Todo seu funcionamento é feito a partir de energia solar e ela também pode servir como outdoor analógico, exibindo letras, imagens ou dados digitais.

Segundo a CNN, as cidades podem investir em CityTrees por um valor de US $ 25.000 cada, a empresa instalou cerca de 20 dessas unidades em Oslo, Paris, Bruxelas e Hong Kong, com planos para expandir para a Índia e a Itália.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.