O Google alcança 100% de energia renovável – incluindo os centros de dados e escritórios. Este é um grande marco para a empresa, já que ela sempre foi uma das primeiras corporações a criar contratos de larga escala a longo prazo para comprar energia renovável diretamente.

Eles assinaram um acordo para comprar toda a eletricidade de um parque eólico de 114 megawatts em Iowa, em 2010. Hoje, somos o maior comprador corporativo de energia renovável do mundo, com compromissos atingindo 2,6 gigawatts (2.600 megawatts) de energia eólica e solar.

Abaixo vocês podem ver o quanto de energia renovável as grandes empresas compram:

Para atingir esse objetivo, o Google compra energia elétrica eólica e solar anualmente para atender a cada unidade de eletricidade que suas operações consomem, globalmente.

Os centros de dados são a espinha dorsal da internet, processando e armazenando enormes quantidades de informações. Os engenheiros da empresa passaram anos aperfeiçoando os centros de dados, tornando-os 50% mais eficientes em termos energéticos do que a média da indústria.

Mas ainda é preciso muita energia para processar trilhões de pesquisas do Google todos os anos. São reproduzidos mais de 400 horas de vídeos do YouTube carregados a cada minuto. É por isso que começaram a comprar energia renovável, segundo o Google.

Ao longo dos últimos seis anos, o custo do vento e da energia solar caiu 60 por cento e 80 por cento, respectivamente, provando que as energias renováveis ​​estão se tornando cada vez mais a opção de menor custo. Os custos de eletricidade são um dos maiores componentes de nossas despesas operacionais em nossos centros de dados, e ter um custo estável a longo prazo de energia renovável oferece proteção contra oscilações de preços em energia.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.