Essa é uma cena tão habitual que não chama mais nossa atenção: nossos filhos passam horas e horas sem nenhum tipo de limite para ficar no celular. Pode ser Instagram, YouTube, Facebook ou uma combinação de todos eles, mas a verdade é que onde antes eles jogavam bola na rua durante horas, hoje não querem fazer nenhum esforço físico(claro que há exceções).

A falta de relações sociais “realmente”, está acima de tudo, uma ausência de exercício físico que pode ter seu preço. Felizmente, o pecado é penitência e um aplicativo vem resolver este problema.

Mova Goya enfrenta com uma abordagem interessante para este mal endêmico com um princípio claro: se a criança não pode escapar do vício em celular, é separado dele pela força, o celular simplesmente é desativado.

Foi a própria Apple que em sua última palestra abordou esse problema com uma função chamada Screen Time (tempo de tela) e que chegará ao iPhone nesse ano. Esta nova funcionalidade permite que os pais e os professores restringirão o uso de certos aplicativos automaticamente para impedi-los de interferir com o sono, relacionamentos ou deveres das crianças.

A nova função da Apple viria como uma atualização do sistema totalmente gratuita, mas um desenvolvedor inteligente não queria esperar até setembro e apresentou esse desenvolvimento (pagamento) que também oferece funções adicionais.

Como exatamente Goya Move funciona? Os pais instalam o aplicativo nos celulares ou telefones celulares de menores e sob um nome de usuário e senha, e também em seu próprio smartphone, que funcionará como um administrador do sistema. A partir daí, o tutor deve estabelecer restrições não apenas com base no tempo ou na duração do uso, mas também incorporando um ingrediente extra: a atividade física.

A abordagem não deixa de ser surpreendente: a criança é incentivada a atingir uma série de objetivos físicos diários (tomando as etapas como referência) para desbloquear os aplicativos especificados. É uma maneira não apenas de limitar o uso excessivo das redes sociais, mas de “ensinar às crianças a importância da moderação no uso desses dispositivos”, conforme descrito por seus desenvolvedores. É um acordo justo: se você quiser usar certos aplicativos, você deve exercitar e o sistema irá desbloqueá-los automaticamente.

E aí, você usaria este recurso com seu filho? Deixe sua resposta nos comentários!

 

Para você que está procurando Bolsa de Estudo, temos bolsas de até 75% em mais de 1.200 faculdades de todo o Brasil. Encontre a sua Bolsa de Estudo clicando aqui.