Stephen Hawking revela 3 fatores que destruiriam os humanos, saiba quais são

Stephen Hawking  tem ficado ainda mais conhecido  por suas opiniões polêmicas sobre as coisas que poderiam dar um fim à civilização humana.

Frete GRÁTIS ilimitado, Filmes, Séries, Músicas e muito mais com Amazon Prime! Teste GRÁTIS por 30 dias aqui.

Esses são os três fatores que o cientista pensa que podem levar a nossa destruição:

Inteligência artificial

Hawking é parte de um grupo crescente de cientistas que expressa preocupações sobre a inteligência artificial (IA) “plena”, a que poderia ser igual ou superior a de um ser humano, por exemplo.

“O desenvolvimento da inteligência artificial plena poderia significar o fim da raça humana”, Hawking disse à BBC em dezembro de 2014.

Essa opinião é compartilhada pelo empresário bilionário Elon Musk, CEO da Tesla Motors e da SpaceX, que tem chamado a IA de “maior ameaça existencial”. No mês passado, Hawking, Musk e dezenas de outros figurões assinaram uma cara aberta sobre os riscos e os benefícios da IA.

“Por causa do grande potencial da IA, é importante pesquisar como colher seus benefícios, evitando armadilhas potenciais”, escreveram os cientistas na carta.

“Estamos décadas longe de qualquer tecnologia com a qual precisamos nos preocupar”, afirmou Demis Hassabis, um pesquisador de inteligência artificial no Google DeepMind. “Ainda assim, é bom iniciar a conversa agora”, acrescentou.

Agressão humana

Se as nossas máquinas não ficarem superinteligentes e nos matarem, nós podemos acabar nos matando. Hawking acredita que a agressão humana pode aniquilar a civilização.

Em resposta a Adaeze Uyanwah, um professor de 24 anos da Califórnia (EUA) que lhe perguntou qual defeito humano o físico mais gostaria de alterar, Hawking respondeu:

“A falha humana que eu mais gostaria de corrigir é a agressão. Ela pode ter sido uma vantagem de sobrevivência nos dias dos homens das cavernas, para obter mais comida, território e parceiros com quem se reproduzir, mas agora ameaça destruir a todos nós”.

Por exemplo, uma grande guerra nuclear provavelmente acabaria com a civilização e a raça humana. Nesse sentido, Hawking crê que a exploração do espaço é importante para garantir nossa sobrevivência.

“Eu acredito que o futuro a longo prazo da raça humana deve ser o espaço, o que representa um seguro de vida importante, uma vez que poderia impedir o desaparecimento da humanidade por colonizar outros planetas”, disse.

Vida alienígena

Hawking já fez várias advertências ameaçadoras sobre a vida alienígena. Em 2010 disse que, se a vida extraterrestre inteligente existir, pode não ser tão amigável para os seres humanos.

“Se os aliens vierem nos visitar, eu acho que o resultado seria mais parecido com quando Cristóvão Colombo desembarcou na América, o que não foi muito bom para os nativos americanos”, disse Hawking durante um episódio de “Into the Universe com Stephen Hawking”, no Discovery Channel.

Civilizações alienígenas avançadas poderiam querer conquistar e colonizar os planetas nos quais chegassem – o que, de fato, faz sentido. É melhor deixarmos quieto esse negócio de procurar ETs por aí.

De acordo com LiveScience e HypeScience

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.