A análise de texto está ajudando a detectar artificialmente a terminologia jihadista, a localizar pessoas doutrinadas através da Internet, descobrir informações enganosas e estabelecer se contas diferentes em redes sociais são usadas pela mesma pessoa. 

A tecnologia desenvolvida pela Expert System é usada nos projetos Dante e Trivalent, que são financiados pela Comissão Européia. As universidades, as forças policiais e as administrações públicas europeias trabalham em ambas as iniciativas com o objetivo de promover a interpretação e a compreensão de comportamentos e focos relacionados com ameaças terroristas.

“As mensagens de ódio em que o infiel é desqualificado são as mais comuns e fáceis de detectar”, diz Gómez. Precisamente, o uso do termo “infiel” pode ser uma indicação dessa terminologia radical. Nos textos jihadistas, armas, explosivos e o Corão também costumam estar presentes: “É muito curioso porque algo que em princípio é apenas um símbolo religioso é usado para dar legitimidade ao que eles estão fazendo”.

A empresa também projetou um detector capaz de identificar o uso de “linguagem enganosa”. O sistema localiza, com 75% de sucesso, se um documento é verdadeiro ou falso. Um dos grandes avanços desse detector é que ele pode analisar informações de qualquer domínio, independentemente de o sistema ter sido previamente treinado para reconhecê-lo.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Quer ficar por dentro do assunto Smart City, o mais falado no Brasil e no mundo? Deixe seu e-mail e receba em primeira mão! clicando aqui.