Várias empresas fabricantes de automóveis estão se voltando para veículos elétricos. Para garantir que o processo seja tranquilo, o trabalho de engenharia e eletrificação das células da bateria precisa acompanhar o ritmo.

A General Motors é uma dessas empresas de automóveis, olhando para o futuro dos veículos totalmente elétricos. Electrek conversou com o diretor de estratégia de engenharia e eletrificação de células da bateria, Tim Grewe, para ter uma idéia melhor do tópico.

Hummer elétrico da GM

Com seus planos para um Hummer totalmente elétrico, a GM precisa mudar seu jogo de energia elétrica.

A empresa possui um programa decente e crescente de pesquisa e desenvolvimento de células de bateria e instalações de teste; assim, falar com Grewe esclarece o futuro dos veículos elétricos.

Grewe mencionou que o custo das células está “caindo drasticamente”. No entanto, ainda há um longo caminho a percorrer antes de chegar ao custo desejado. Ele explicou que a GM tem sido conservadora com suas baterias até agora, mas isso vai mudar.

Em sua entrevista, Electrek perguntou a Grewe sobre o futuro do cobalto e níquel como suprimento de materiais para as células. Em sua resposta, Grewe explicou que há uma discussão geral no setor sobre como se livrar do cobalto, mas primeiro é preciso haver uma solução para criar tanta densidade de energia quanto o cobalto.

Grewe continuou “Estamos trabalhando na reciclagem de baterias para reduzir um pouco isso. O problema é, por exemplo, que as baterias de alcance estendido do Volt ainda estão fortes. Havia um volt de alcance estendido que continha 450.000 milhas, e a bateria ainda estava funcionando. Portanto, trata-se de fornecer suprimentos para o fluxo de reciclagem. Não há suprimento suficiente para que uma empresa de uso secundário possa depender do fornecedor”.

Ao falar sobre baterias de estado sólido, Grewe acredita que elas estão mais perto de se tornar uma realização prevista, em menos de oito a dez anos. A equipe da GM está “perseguindo o máximo possível. Mas temos que garantir que não decepcione [por densidade de energia, vida celular, etc.]”

Para mais informações sobre o assunto relevante, leia a entrevista completa aqui.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.