Japão anuncia novo supercomputador que será o mais rápido do mundo

Supercomputador Chines, que por enquanto é o mais rápido do mundo.

Menos de um mês depois que o computador chinês Sunway Taihulight conquistou o título de supercomputador mais rápido do mundo, o Japão está com um plano para construir um ainda mais rápido.

Não é apenas um pouco mais rápido. É Muito mais rápido. O novo supercomputador do Japão processaria a 130 petaflops, superando os 93 petaflops do Taihulight. O dispositivo seria capaz de 130 quatrilhões de cálculos por o segundo.

Antes de continuarmos, irei explicar o que significa essa quantidade de petaflops. Um flops representa a potência computacional de uma máquina capaz de realizar uma operação matemática em ponto flutuante – ou seja, com números decimais de muitas casas.

Podemos quantificar os flops da seguinte maneira:

– 1 megaflop = 1 milhão de flops

– 1 gigaflop = 1 bilhão de flops

– 1 teraflop = 1 trilhão de flops

– 1 petaflop = 1 quatrilhão de flops

“Até onde sabemos, não há nada que seja tão rápido”, disse Satoshi Sekiguchi, diretor-geral do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Industrial Avançada do Japão.

Sempre empurrando a inovação, o primeiro-ministro Shinzo Abe incentivou as empresas, os burocratas e as classes políticas a se unificar para que o Japão pudesse ganhar em mercados tecnológicos crescentes. E a pressão provém não apenas de uma necessidade de sucesso interno, mas também de pressões externas. A China superou o Japão como a segunda maior economia do mundo, US $ 12 trilhões e US $ 4,3 trilhões, respectivamente.

Os objetivos do supercomputador do Japão incluem impulsionar o desenvolvimento do país em inteligência artificial. A tecnologia de “aprendizagem profunda” pode permitir que o computador reproduza sinapses de cérebro humano como velocidades igualmente rápidas com capacidades de armazenamento maiores.

Atualmente, os supercomputadores mais rápidos do mundo vêm dos chineses. O TaihuLight e o Tianhe-2 (Via Láctea-2) ficam no topo da lista. O Titan dos EUA chega em um terceiro lugar relativamente distante (ainda que respeitável).

O trabalho no computador poderia começar já em 2017, embora nenhuma data oficial tenha sido anunciada. O nome atual do supercomputador é o AI Bridging Cloud Infrastructure, ou ABCI. Embora não seja o nome mais excitante para um dispositivo tão poderoso, ele certamente impressiona em seu poder planejado.

Via: Interesting Engineering e Terra.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.