Não há praticamente nenhum limite para os itens que podem ser produzidos com a tecnologia da impressora 3D nos dias de hoje. E agora, pesquisadores do Department of Energy’s Oak Ridge National Laboratory (ORNL)  nos estados Unidos, usaram as impressoras 3D para  criar um ímã mais sustentável, no que se refere ao meio ambiente. O novo ímã impresso-3D supera ímãs tradicionais devido ao seu processo de fabricação, desperdício zero, este modelo de fabricação de ímãs ajuda a conservar os minerais.

A inovação criada pelo ORNL  é um isotrópico, neodímio-ferro-boro (NdFeB). Os pesquisadores que trabalham sobre o projeto do ímã impresso-3D dizem que o ímã tem “propriedades comparáveis ou melhor magnéticas, mecânicas e microestruturais” do que aos dos métodos convencionais. O aumento de desempenho é apenas um dos benefícios desta nova tecnologia, completam.

A outra vantagem envolve a conservação do mineral raro, que nos modelos tradicionais, até 50% do mineral pode ser desperdiçado.

Confira o vídeo abaixo:

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.