Os cientistas do MIT criaram um novo robô que se parece com um verme parasita longo e desagradável.

Frete GRÁTIS ilimitado, Filmes, Séries, Músicas e muito mais com Amazon Prime! Teste GRÁTIS por 30 dias aqui.

Este dispositivo com a forma de um fio ajustável pode viajar através dos vasos cerebrais das pessoas, a fim de tratar derrames ou aneurismas.

Ele se move magneticamente e pode deslizar ativamente por caminhos estreitos, como as artérias do cérebro.

O parasita robótico se move magneticamente e pode deslizar ativamente por caminhos estreitos, como as artérias do cérebro.

Foi fabricado com uma liga flexível de níquel e titânio, possui uma pele autolubrificante à base de hidrogel que permite mover-se com atrito mínimo e pode ser direcionado remotamente por meio de campos magnéticos.

Os engenheiros usaram um processo químico desenvolvido anteriormente para revestir e colar a tampa magnética com hidrogel, um material que não afeta a capacidade de resposta das partículas magnéticas subjacentes e fornece ao cabo uma superfície lisa, livre de fricção e biocompatível.

“Se o derrame agudo puder ser tratado nos primeiros 90 minutos, as taxas de sobrevivência dos pacientes poderão aumentar significativamente” disse Xuanhe Zhao, professor associado de engenharia mecânica e engenharia civil e ambiental do MIT.

Os pesquisadores acreditam que esse robô permitiria aos médicos guiar remotamente o dispositivo através dos vasos cerebrais de um paciente para tratar rapidamente bloqueios e lesões, como os que ocorrem em aneurismas e derrames.

Além disso, esse fio robótico pode ser funcionalizado, o que significa que recursos podem ser adicionados, por exemplo, para administrar medicamentos redutores de coágulos ou quebrar bloqueios com luz laser.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here