whatsapp

O WhatsApp está pretendendo tomar medidas legais contra quem alega ter capacidade de violar a plataforma de mensagens, após o surgimento de uma série de empresas que anunciam produtos para contornar as restrições de uso do serviço.

Uma investigação da Reuters descobriu em maio que os clones e ferramentas de software do WhatsApp estão ajudando profissionais de marketing digital e ativistas políticos indianos a contornar restrições antispam no período que antecedeu as eleições gerais da Índia.

Até agora, o WhatsApp concentrou as ações legais sobre abusos para os quais encontrou evidências internas.

A empresa controlada pelo Facebook disse em uma mensagem intitulada “Uso não autorizado do WhatsApp” que a partir de 7 de dezembro vai começar a agir contra isso.

A empresa disse que isso “serve como aviso de que tomaremos medidas legais contra empresas” por tais abusos. Uma porta-voz do WhatsApp não especificou que tipo de ação legal a empresa pode tomar.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.