Uma empresa criou um modelo 3D de como vai ser o ser humano no futuro, baseado nas mudanças sofridas pelo corpo pelo uso excessivo de ‘gadgets’, e o resultado é realmente assustador.

Frete GRÁTIS ilimitado, Filmes, Séries, Músicas e muito mais com Amazon Prime! Teste GRÁTIS por 30 dias aqui.

Uma empresa criou um modelo 3D de um futuro ser humano baseado nas mudanças sofridas pelo corpo pelo uso excessivo de ‘gadgets’, e o resultado é realmente assustador.

Apelidado humano ‘Mindy’ do ano 3000 tem uma corcunda, causado pelas horas passadas sentado na frente de um monitor de computador no escritório e olhando telefones, de acordo com TollFreeForwarding.

Seus músculos do pescoço também cresceram para limitar os danos causados ​​pela má postura devido ao mesmo uso de monitores e smartphones. Seu crânio engrossou, ajudando a proteger seu cérebro da radiação de radiofrequência emitida por telefones inteligentes, que alguns acreditam ter implicações graves para a saúde.

Seu cérebro também encolheu, com base na recente teoria científica de que um estilo de vida sedentário está reduzindo a capacidade do cérebro humano.

Enquanto isso, sua mão foi moldada permanentemente em uma garra e seu cotovelo está dobrado a 90 graus devido aos longos períodos gastos segurando um ‘smartphone’.

A mudança física de Mindy é provavelmente mais estranha: seu segundo par de pálpebras para filtrar a luz excessiva emitida pelos aparelhos tecnológicos.

Enquanto o modelo de Mindy é extremo e projetado para impactar, é um fato real que as horas que passamos assistindo nossos smartphones estão mudando nossos crânios. As pessoas, especialmente as mais jovens, estão desenvolvendo um novo osso logo acima do pescoço.

Dobrar o pescoço pode aumentar a pressão onde os músculos do pescoço aderem ao crânio, que o corpo provavelmente responde colocando um novo pedaço de osso ali.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

2 Comentários

  1. Não é assim que a evolução funciona. Ao menos que essas características sejam herdáveis E resultem em vantagem reprodutiva, essa previsão não tem sentido biológico.

  2. Muito estúpido.

    Óbvio que vão mudar os gadgets. Ao invés de ficarem em frente a um monitor, verão tudo na lente do próprio óculos: google glass.

    Vão fazer design baseado na ergometria: vide a mudanças nos mouses e teclados.

    Os gadgets vão estar associados a acessórios como smartwatches, smartbracelets, etc..

    Com essa febre de culto ao corpo, as pessoas vão fazer menos esforços nos trabalhos diários mas irão às academias para cuidar do corpo.

    Nenhuma invenção do homem, nas últimas décadas teve um prazo de validade superior a 50 anos. Portanto, não terá como passar 1000 anos e chegar à isso.

    E, ainda que chegue, problema é deles. Ninguém vai estar aqui mesmo!

    Kkkkk

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here