Gabriel Braga e André Penha

A imobiliária virtual QuintoAndar, especializada em alugueis residenciais, anunciou a captação de 250 milhões de dólares na maior das quatro rodadas de investimentos desde a sua fundação, em 2012. Com o investimento a empresa passa a valer mais de 4 bilhões de reais.

A rodada de investimentos série D foi liderada por um conglomerado japonês de tecnologia SoftBank junto com o fundo de investimento americano Dragoneer. Os fundos General Atlantic e Kaszek, que pertencem aos ex-donos do varejista online argentino Mercado Livre, também fizeram um novo aporte após participarem da rodada de investimentos anterior, de 250 milhões de dólares, em novembro do ano passado.

As negociações para a rodada deste ano tiveram duração de dois meses.

A QuintoAndar vai usar os recursos para contratar funcionários – hoje a startup conta com 1.000 funcionários, sendo 300 na área de tecnologia – e  acelerar a sua estratégia de expansão pelo Brasil com parcerias com imobiliárias tradicionais. A plataforma que conecta donos e administradores de residências a potenciais inquilinos já está funcionado em mais de 20 cidades e já fez 15 parcerias com imobiliárias nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais e no Distrito Federal.

“O grupo está apoiando várias empresas da região, decidiu que o setor imobiliário é um dos seus interesses e gostou do nosso modelo de negócio e dos nossos resultados”, diz Gabriel Braga, fundador da QuintoAndar. “É só o começo. É muito legal ter novos fundos entrando com mais experiência de negócio e reforçando nossa base de capital para colocarmos gasolina na empresa.” Continua Braga.

Os conhecimentos do SoftBank em inteligência artificial devem ser especialmente úteis para a QuintoAndar, de acordo com Braga. Em julho, o grupo japonês, conhecido como o “banco dos softwares”, anunciou a criação do Vision Fund II, o maior fundo de investimentos em startups do mundo. Com 108 bilhões de dólares comprometidos até o momento, o fundador Masayoshi Son terá mais recursos para “acelerar a revolução da inteligência artificial por meio de investimentos em empresas líderes de mercado que crescem por meio da tecnologia”.

Como intermediária formal entre locadores e locatários, a QuintoAndar presta serviços para as duas pontas. Quem está interessado em alugar uma casa ou apartamento submete todos os documentos para sacramentar o negócio pela internet, sem precisar passar por cartório, e não precisa de fiador nem caução. A imobiliária virtual garante aos proprietários o pagamento em dia e resolve eventuais desavenças. Assim, o tempo médio de fechamento do contrato fica em torno de quatro dias — antes, todo o trâmite levava 40 dias em imobiliárias tradicionais.

Desde a rodada de investimentos de novembro do ano passado, a QuintoAndar ampliou sua atuação de três regiões metropolitanas para nove e mais que triplicou sua receita, fechando cerca de 4.500 contratos por mês.

A meta é aumentar o número de contratos fechados por mês em seis vezes até o final de 2019 em relação ao mesmo período do ano passado, 2018.

A QuintoAndar agora se junta a Nubank, Loggi, Gympass e Stone no crescente clube de empresas bilionárias de tecnologia brasileiras, mas seu fundador está mais interessado em manter o ritmo do que em celebrar a entrada no clube latino-americano de unicórnios. “Estou mais focado na missão de longo prazo que temos e não estou muito animado em ser um unicórnio. Amanhã é outro dia, temos que continuar trabalhando.” Conclui Braga.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentário.

Temos diversas bolsas de estudo em mais de 1.200 faculdades de todo país, confira aqui: https://engenhariae.com.br/bolsas-estudo