“Os veículos elétricos representam o futuro da mobilidade”, disse Daniel Barel, CEO e co-fundador da REE, uma empresa que está reconstruindo a maneira como os veículos são fabricados.

A REE revelou seu novo produto: uma revolucionária plataforma plana e modular. Ao reimaginar o veículo, a REE está criando veículos elétricos com maior eletrificação generalizada.

Como o título sugere, os co-fundadores da REE, Barel e Ahishay Sardes, literalmente reinventaram a roda. Eles pegaram todos os componentes normalmente encontrados sob o capô de um carro e os moveram para a roda.

Continue lendo para descobrir como isso melhora a eficiência de veículos elétricos e autônomos.

Quem é REE?

REE significa REthink, REdesign, REstructure e REinvent a indústria automotiva.

E foi assim que nasceu o nome REE.

Barel e Sardes começaram a trabalhar neste projeto há seis anos e, na terça-feira, dia 16 de julho, finalmente puderam divulgar os detalhes de seu novo projeto.

Eles também são os co-fundadores da SoftWheel, uma empresa de tecnologia inspiradora que melhora a mobilidade pessoal para usuários de cadeira de rodas.

Em uma entrevista com Barel, co-fundador da REE, ele disse à Interessing Engineering que a inspiração deles veio porque “toda a indústria automotiva está mudando, mas o veículo ainda está sendo construído em conceitos de 100 anos de idade”.

“Quando você considera as funções de frenagem, suspensão e direção em veículos que são construídos com desenhos semelhantes ao passado.” Ele continuou: “Na REE, somos pioneiros em uma mudança fundamental e radical para garantir que o veículo de hoje e de amanhã atenda às necessidades atuais e futuras”.

Uma “plataforma verdadeiramente plana para máxima eficiência”

Simplesmente dito, REE está reinventando a forma como os veículos são construídos.

Entrando em mais detalhes, e de acordo com seu comunicado de imprensa, “a tecnologia da REE integra os motores, direção, suspensão, transmissão, sensoriamento, freios, sistemas térmicos e gerenciamento de energia na roda, criando um chassi modular totalmente plano”.

O resultado?

Maior eficiência e desempenho no processo de eletrificação e um grande avanço no desenvolvimento da mobilidade futura.

O chassi, ou plataforma, oferece liberdade total de design e diferentes configurações de corpo em uma única plataforma. Isso reduz o peso em 33% e o tamanho do veículo, permitindo uma carga maior por percurso.

Isso também aumenta a eficiência energética e operacional, já que o chassi libera espaço em 67%, segundo Barel.

Todas essas mudanças aumentam o nível de eficiência do veículo e, por sua vez, seu processo de eletrificação, à medida que a pressão sobre as baterias é reduzida e a potência do veículo dura mais tempo.

Todos os aspectos cruciais para veículos elétricos e autônomos.

“Um tamanho que serve para todos”

Seja um caminhão de 10 toneladas ou um robotaxi, a plataforma se adapta a todos os tipos de veículos elétricos.

Especificamente construída para ser adaptada a cada tipo de veículo, a plataforma inovadora da REE funcionará para todas as montadoras, provedores de mobilidade e empresas de entregas.

A tecnologia da REE significa que eles criaram a base para todos os veículos.

Como eles fizeram isso?

Através da construção de um inovador sistema quad-motor, suspensão de nivelamento ativo, direção por cabo e uma caixa quadrada inteligente – tudo em apenas uma plataforma.

Então, se você quiser encaixá-lo em seu carro esportivo que vai de 0 a 100 km/h em menos de três segundos, ou se for mais um tipo SUV off-road, você terá a certeza de ter um veículo sem emissão de poluentes.

Como Barel disse à Interesting Engineering, “o chassi modular da REE, que é o primeiro chassi totalmente plano do mundo, atende a todas as configurações de veículos elétricos – grandes ou pequenos, rápidos ou pesados, sem comprometer o desempenho, a segurança, a facilidade de manutenção ou conforto, atendendo e superando todos os padrões atuais da indústria.”

Barel continuou “Como uma plataforma agnóstica, nossa solução é compatível com qualquer veículo limpo, sem emissões de poluentes”.

Como essa tecnologia beneficiará a indústria automotiva?

Para começar, os veículos elétricos serão sem dúvida uma parte significativa, senão a mais importante, do futuro da mobilidade. As empresas e fabricantes de automóveis já estão investindo tempo e energia para melhorar essa seção do setor.

“Está claro que o caminho para veículos autônomos está entrelaçado com a eletrificação de veículos”, disse Barel.

Assim, a plataforma universal da REE poderá substituir as múltiplas que os OEMs (fabricantes de equipamentos originais) estão criando e usando – e economizar bilhões de dólares para o setor.

Normalmente, a validação e a criação de uma plataforma custa aos fabricantes US$ 20 bilhões; portanto, com apenas uma plataforma sendo usada no futuro, os custos cairão drasticamente.

Além disso, a segurança, o desempenho e a eficiência serão aprimorados.

A REE já possui contratos com os principais OEMs e empresas automotivas Tier-1 e Tier-2, como a Mistubishi Corporation, a Mushashi, a Linamar, a Tenneco e a NXP.

O custo desses chassis ainda não foi divulgado, mas vamos apostar que a longo prazo, eles manterão os custos de produção o mais baixo de todos os tempos.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.