A thyssenkrupp está entre as cinco empresas mais inovadoras no setor de bens de capital pelo terceiro ano consecutivo no ranking do Valor Inovação Brasil, que foi divulgado nesta terça-feira, 2 de julho, em São Paulo. O levantamento conduzido pelo jornal Valor Econômico, em parceria com a consultoria Strategy& (PwC), avalia os investimentos realizados no País em atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação, e reconhece as 150 companhias com as melhores iniciativas nestes quesitos.

Frete GRÁTIS ilimitado, Filmes, Séries, Músicas e muito mais com Amazon Prime! Teste GRÁTIS por 30 dias aqui.

No último ano fiscal (2017/2018), a thyssenkrupp investiu globalmente €787 milhões em pesquisa e desenvolvimento. “Nossa estratégia de inovação se baseia nos seguintes pilares: responsabilidade ao longo de todo o ciclo de vida do produto, sustentabilidade, avaliação dos mercados futuros e habilidade de trazer novas ideias rapidamente para o mercado atual. Toda ideia que tenha potencial de negócio, aumento de produtividade e sustentabilidade é amplamente apoiada. Aqui, temos a convicção de que a inovação não cabe apenas à área de pesquisa e desenvolvimento, ela deve fazer parte do dia a dia e do mindset de todos os colaboradores”, afirma Paulo Alvarenga, CEO da thyssenkrupp para a América do Sul.

Centro de excelência em mineração para todo o Grupo, a unidade brasileira da thyssenkrupp Industrial Solutions está à frente de importantes inovações que vêm estabelecendo novos padrões no setor. Exemplo disso é o maior e mais moderno sistema automatizado de carregamento de vagões que o time do Brasil desenvolveu e implementou em uma grande mina de minério de ferro situada na região Norte do País. Com capacidade nominal de 16.000 t/h, o equipamento elimina erros de operação humana e aumenta significativamente a produtividade.

Este ano, a thyssenkrupp Elevadores iniciou no País a comercialização do MAX, solução de manutenção preditiva que permite que os elevadores “falem” com os técnicos e antecipem falhas que possam comprometer a disponibilidade do equipamento. Já está em funcionamento em mais de 125 mil elevadores de mais de 43 mil clientes da thyssenkrupp ao redor do mundo e, no Brasil, o objetivo é implantar esta tecnologia em 50% da base instalada de clientes em até três anos.

A thyssenkrupp é também pioneira na Indústria 4.0 no País com a instalação, em 2015, de uma fábrica de componentes automotivos que conta com tecnologias digitais, processos interconectados ao longo da cadeia, produção monitorada em ambiente virtual, entre outros conceitos que resultam em grande flexibilidade, com ganhos de eficiência, melhoria de qualidade e redução de custos.

Sobre o Valor Inovação 2019

Em sua quinta edição, o anuário analisou 210 empresas a partir de critérios como intenção de inovar, esforço para realizar a inovação, resultados obtidos, avaliação do mercado e publicação de patentes. Para participar, a empresa deve ter obtido receita líquida superior a R$ 500 milhões e ter pelo menos 5% de capital privado em sua composição acionária.

O resultado é um ranking formado por corporações que inseriram processos de criação constantes no cerne das estratégias, planos e metas.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here