“Afinal de contas, inovar é complicado?”

De forma alguma! ! E mesmo não é algo destinado apenas a alguns “iniciados”, “gurus” da inovação! Aliás, este modo de pensar é errado, mas infelizmente muito comum, o que impede que se pratique a inovação no dia a dia, trazendo grandes prejuízos aos profissionais e empresas!

De fato, Peter Drucker (1), no seu clássico estudo sobre os “faça” na inovação, coloca, dentre outros, os seguintes “mandamentos” para praticar a inovação:

• A inovação deve ser tanto conceitual (dentro do que já estamos acostumados…) quanto perceptual (deve fazer algo claramente percebido pelas pessoas em geral…);

• Ela deve ser simples e “concentrada” (fazer apenas uma coisa…);

• Deve começar pequena, cumprindo um objetivo específico;

• No entanto, sempre deve visar a liderança (afinal pensar pequeno ou grande dá o mesmo trabalho…).

Daí, inovar não é só criar coisas fantásticas, que beirem a ficção científica, ou mesmo grandes avanços tecnológicos ou científicos; ela pode e deve manifestar-se no nosso dia a dia, de modo simples, de modo fácil, sempre procurando melhorar e tornar mais eficaz nossa vida e nosso trabalho!

Referência:

(1) Drucker, Peter F. Inovação e Espírito Empreendedor (entrepreneurship) – Prática e Princípios – Livraria Pioneira, São Paulo, 5ª edição.

 

Para você que está procurando Bolsa de Estudo, temos bolsas de até 75% em mais de 1.200 faculdades de todo o Brasil. Encontre a sua Bolsa de Estudo clicando aqui.
Compartilhe:
Publicação anterior“E também as escolas deveriam ser inovadoras?”
Próxima publicação“Um pouco de prática…”
É graduado em Engenharia Elétrica (Instituto Nacional de Telecomunicações – INATEL), e pós-graduado em Docência do Ensino Superior em Educação. Foi professor, desde 1964, em diversos cursos técnicos, de engenharia, e de extensão, em diversas áreas técnicas, bem como em empreendedorismo e inovação. Também criou e coordenou diversas atividades ligadas ao desenvolvimento do empreendedorismo, no Inatel. Atualmente participa de programas de extensão e pesquisa ligados ao empreendedorismo, criatividade e inovação.